Blogup
   



BRASIL, Nordeste, NATAL, RIBEIRA, Homem, de 46 a 55 anos, Portuguese, French, Livros, Esportes
Outro -
Histórico
Outros sites
UOL - O melhor conteúdo
BOL - E-mail grátis
Perto do Coração Selvagem
nozarte
telescopionegro
queridoleitor
carloscareqa
linaldoguedes
blocosonline
marialimeira
abba
revistapoetizando
waldir leite
poetasdeguarulhos
blônicas
marcelotas
Soraia direto...
la vie est belle
Blog do André
Gerald Thomas
Flavia Lippi
stockadas
avant_derniere
diariosdenuvens
tabua de mares
almadobeco
alfabeto
subhadro
spmetrople
leiluka
focando
numerologia
babalaika
benito barros
seicho-no-ie
rodrigo hammer
mensageiros
barreiras-diogolopes
marcos caiado
mixbrasil
abran
overmundo
dalai lama
marcelo eliab - astrólogo
osho
nalatadopoeta
regina barros
libertas
joão paulo cuenca
tribuna do norte
cora ronai
avenida copacabana
laura vive
jornal de hoje
jornaldehoje
radar potiguar
caros amigos
carosamigos
thestonewall
bbc - brasil
kibeloco
pensar enlouquece
blog de marcelo coelho
fernando pessoa
sentimentos - vanilde rego
luz de luma
luiz carioca
somostodosum
100querer
palavra e destino
blog do renato
inspirais - patrícia
google
deunojornal
rasuras (ana peluso)
altavista
rascunhos e acabados
sampafobia
um ser diferente
no divã com marcelo ribeiro
guga cruz
alexsens
alexsens II
lino resende
trajedia ( gabriel )
lilita livre
marcelino freire
santiago nazarian
portal g1
coisas do bem
dicas do bem
janmedeiros
tião maia
impressões de fevereiro
conversa afiada
moura ao luar
fina flor ( monica montone)
contos bregas
antônio cícero
eucanaã ferraz
patrício júnior
blairponjinha
a gente sempre tenta
certos dias
caulus
prozac com fanta uva
tereza bresani
bombando
orientação - psi
jean wyllys
bresani
diversos-afins
alex sens
pre-historia-nordestina
relatoriodacoisa
franklin jorge

Votação
Dê uma nota para meu blog

 


ontem à noite na seicho-no-ie mais um encontro das infinitas possibilidades.

foi feita uma palestra inicial com a magistral preletora epifânia. com muito bom humor, contou  relatos pessoais que a levam cada vez mais à prosperidade em sua vida,um direito natural de  todo filho de deus.

em seguida, vieram os relatos de pessoas que estão obtendo graças através dessa maravilhosa prática: seu rubens, preletora inês, vânia, dentre outros...

o ambiente era o mais agradável possível. vi, revi e abracei minha espevitada amiga janete. trocamos " confetes" quase a noite toda.

depois do intervalo, veio a prática propriamente dita, uma vez que havia pessoas que a iniciavam pela primeira vez.

com um final com "chave de ouro",veio um lanche maravilhoso, tônica das reuniões da seicho-no-ie.

voltei com delta e santana. e como a noite estava pra lá de convidativa, estiquei até o leo. brindei à vida com uísque e um maravilhoso caldo de cação.

 



Escrito por Tertu às 09h13
[] [envie esta mensagem] []




MENTE ALEGRE ATRAI PROSPERIDADE.

 
A partir de agora, você não terá pensamentos sombrios, negativos, destrutivos e agressivos. Só terá pensamentos alegres, positivos, construtivos e harmoniosos. Então, em conformidade com a lei mental segundo a qual “os semelhantes se atraem”, somente fatos auspiciosos, positivos e construtivos se aproximarão, e você prosperará infalivelmente.

Livro: Mensagens de Luz

.: Clique aqui para visitar a nossa Livraria Virtual :.



Escrito por Tertu às 08h44
[] [envie esta mensagem] []




o poder infinito da palavra sim

a palavra dotada de maior peso é aquela que é a mais simples:o  sim.todas as atitudes iniciam-se com um sim.se  você sentir qual é a sua missão, diga apenas sim,sim  e a coloque em prática. consequentemente, isso se realizará seguramente. o  sim  é uma decisão. é uma decisão em relação à  sua missão. toda dificuldade é vencida ao tomar a decisão de dizer  sim à sua missão, e você encontra adiante uma larga estrada plana. o  sim é a própria imagem verdadeira.

fonte:" preceitos de luz - caminho " masaharu taniguchi



Escrito por Tertu às 21h40
[] [envie esta mensagem] []




Quando alguém lhe diz: Você precisa desenvolver sua mediunidade!
por Bruno José Gimenes - bruno@luzdaserra.com.br

Quantos já ouviram essa expressão?
É uma frase típica, muito utilizada nos centros espíritas/espiritualistas, que possui um significado amplo. No entanto o sentido que essa palavra produz nas pessoas que ouvem, muitas vezes é distorcido em relação ao seu verdadeiro significado.
Como sabemos, a mediunidade é um instrumento de evolução. Ela nos possibilita um crescimento mais rápido, na direção da realização de nossa missão. O que seria de nós sem as possibilidades mediúnicas que ganhamos de Deus?
Então, pense. Certo dia, lá em cima no plano astral, o Papai do Céu nos escalou. Isso mesmo, como um técnico de futebol, que chama seu jogador para entrar em campo. Ele veio e falou:

“Você vai descer, vai voltar para a escola (Planeta Terra). Precisa aprender, evoluir, resgatar muitas coisas, por isso precisa descer... Mas, você sabe que sua necessidade é grande, possui muitas coisas para curar, muitos erros de outrora para corrigir. Dessa forma, uma existência apenas não seria tempo suficiente para tanto. Por isso filho, vou te proporcionar a mediunidade, como um instrumento para ajudar você a fazer muito mais coisas em menos tempo. Sem essa faculdade, isso não seria possível, pois ela lhe ajudará a otimizar sua encarnação, ou seja, sua experiência no plano físico, que é tão necessário para a reforma íntima”.
“Essa dádiva vai lhe permitir fazer grandes tarefas, o que será muito importante para que consigas aproveitar muito bem sua encarnação e seu propósito nessa descida. Entenda que ela é uma grande aliada na sua empreitada, é um presente para lhe ajudar. A mediunidade é como a Betoneira para o pedreiro. Ajuda a virar a massa, mexer o cimento com muito mais facilidade. Sem ela, a abra demoraria muito mais tempo, geraria muito mais desgaste...”

E assim nascemos no plano físico, nos desenvolvemos e chegamos a maturidade(física apenas). E em meio a tantas ilusões e tanto distanciamentos em relação a nossa essência divina, acabamos considerando a mediunidade um “Fardo”! Esquecemos-nos do seu real objetivo... Isso é “cuspir para cima”. Um equívoco sem igual! Desperdiçamos uma oportunidade incrível.
Centros espíritas/espiritualistas, através de seus orientadores, trabalhadores e monitores, alertam para as pessoas sobre a necessidade de trabalhar a mediunidade e desenvolver a espiritualidade. Normalmente, atuam de maneira amorosa, respeitando o livre-arbítrio de cada um. No entanto é normal, as pessoas fazerem mal uso dessa liberdade de escolha. Alienadas de sua finalidade aqui na Terra, acabam que por rejeitar a sugestão para desenvolver a sua mediunidade. A recebem como uma coisa ruim, algo incômodo, realmente um fardo.
Se essas casas de amparo e desenvolvimento espiritual pudessem interferir na escolha das pessoas, seus orientadores diriam assim: “ Meu irmão, se liga, você recebe um presente de Deus, chamado mediunidade, não porque você é um ser iluminado ou puro, tampouco porque você possui dons extraterrestres. Simplesmente porque você está abarrotado de coisas(karmas) para curar.... Você tem a obrigação de mergulhar nesse entendimento, mas o azar é seu se você virar as costas para essa necessidade, e quiser desperdiçar mais essa oportunidade de evolução”.

Então, amigo leitor, pense á respeito: Quando alguém lhe disser a fatídica frase: Você precisa desenvolver a sua mediunidade!
Entenda de uma vez por todas, isso quer dizer que chegou a hora de você utilizar esse poderoso recurso, como um instrumento para dinamizar a sua tarefa de curar-se! Redimir-se de erros do passado e evoluir. Essa é a meta de todos! Com isso, se você fizer bom uso desse instrumento, quando o ciclo dessa vida se finalizar e o desencarne chegar, você voltará ao grande Pai, O Supremo Técnico de futebol, e ele terá o prazer em lhe dizer:

“Parabéns, que ótima partida você realizou, que grande jogo! Agora descanse um pouco e prepare-se para a próxima, temos um Campeonato inteiro pela frente!”

Texto revisado por: Cris

por Bruno José Gimenes - bruno@luzdaserra.com.br   
Lido 18710 vezes, 831 votos positivos e 36 votos negativos.   
Visite o Site do autor.   

fonte: site "somostodosum"
 


Escrito por Tertu às 14h07
[] [envie esta mensagem] []




resenha

venho "insistindo" em alguns desejos que, no plano da imagem verdadeira já estão concretizados.

tudo caminha bem ( às vezes eu quero apressar o rio,e aí...).

projetos e projetos. e ação (nada se concretiza sem ela).

a  musculação continua firme. parece que a durateston aumentou o pouco de pêlo que tenho no corpo, digo, um pouco de bigode,que agora cresce mais de um dia para o outro.

ontem, domingo, acordei tarde para a reunião da seicho-no-ie. tento compensar fazendo leitura de sutra, lendo livros...

domingo, de almoço  prático: a velha e boa lasanha, acompanhada de uma boa   tulipa de cerveja.

mensagens do amigos, não resolve mas alivia.

na net (leia blog), um simpático comentário de renan ( advogado). convidei-o para aprofundarmos um papo pessoalmente. outra emoção.

temos,desde sábado, um novo morador em casa: tem apenas quarenta e cinco dias de vida e se chama heitor. saúde para ele!!!

lá pras três horas, desço para o bar. um sol maravilhoso inundava a brasília.

o bom atendimento do proprietário ( e de sua mãe), fizeram a tarde pra lá de  "mágica". nunca tinha visto tanta sintonia, tanta vibração como ontem ,no bar do leo. todas as mesas e cadeiras ocupadas. pessoas naturalmente felizes, independentemente de grife, de zona (isso ou aquilo, tenho abuso dessas coisas) norte,ou sul ,  leste ou oeste.

fiquei com sandrinha e seu primo nino. ela, na noite anterior, tinha ido à casa de uma  prima e tinha tomado "todas", nem parecia

e mais grupos chegando, morenas e morenos. grupos de rapazes,com outros rapazes...

moças de copo de uísque na mão, esbanjando uma sensual felicidade...

e quanto mais passava a hora, mais clientes chegavam. aff...!!!

e papo, e uísque e olhares e...

lamento a falta de alguns " caros amigos", que talvez nem percebam a falta que fazem... para outros amigos...

 

 



Escrito por Tertu às 22h10
[] [envie esta mensagem] []


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]